sexta-feira, 26 de junho de 2009

Irmão Do Homem Elefante

Não gosto de parafina. Não chega a ser um trauma infantil, antipatia generalizada ou doença de cunho incurável. Afinal, sou consciente de que tudo nessa vida um dia tende a ter um fim. A não ser o Vídeo Show, é claro.

Quando se aproxima o dia de Finados, meu corpo fica completamente tomado por uma estranha irritação de pele. Nem meu dermatologista soube explicar ao certo essa deformação que se espalha por todo meu corpo. E para o meu azar, meu rosto é quem sofre mais. Minha pobre face que já não é lá muito perfeita de fábrica, com essa alergia toda fica tão deformada que já me valeu o singelo apelido de Lúcio Mauro. O que para mim é uma honra já que por quantias menos generosas de espinhas espalhadas pelo rosto meu irmão mais velho é conhecido como Homem Elefante.

4 comentários:

  1. Texto inspirado, Fernandinho.

    ResponderExcluir
  2. valeu!!! Que bom que você gostou!!
    Abração

    ResponderExcluir
  3. Essa foto do Lúcio Mauro é do filme do Selton né, o Feliz Natal?!

    ResponderExcluir
  4. Boa pergunta Tuty?!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    abraço

    ResponderExcluir